Centro De Apoio Aos Professores Com Alunos Inclusivos – CAPAI

APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO

Na coluna ao lado, você encontrará 48 aulas liberadas que foram parte do CENTRO DE APOIO AOS PROFESSORES COM ALUNOS INCLUSIVOS – CAPAI.

Criado por Emílio Figueira, o CAPAI reunia em um só lugar, um vasto conteúdo e conhecimento didático sobre Educação Inclusiva, o qual os professores levariam anos para conseguir agrupar e apreender! E, em parceria com a INICEAD, os membros recebiam certificados de especialização com 180 horas/aulas.

Por motivos pessoais, o CAPAI durou só três anos. Esse conteúdo foi publicado no livro EDUCAÇÃO INCLUSIVA – TEORIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS. (Só para citar de passagem, embora tudo o conteúdo esteja aqui livremente, caso você se interesse pelo livro impresso clique aqui)

 

E para fazer um registro histórico, na época o professor Emílio Figueira escreveu ao apresentar o site:

Nos últimos 30 anos, dediquei-me intensamente à EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Tanto em pesquisas, escrevendo trabalhos, viajando por todo o país dando palestras e treinamentos para os mais variados educadores. Recebo uma quantidade muito grande de mensagens desses profissionais, expondo-me suas dúvidas, suas inseguranças e suas necessidades de saber como trabalhar com alunos com diferentes tipos de deficiência.

Só que, com os anos e por eu só digitar com um dedo, a minha coordenação motora foi se cansando cada vez mais e não tenho como continuar a fazer esses atendimentos pessoais – sempre de maneira voluntária – e ao mesmo tempo cuidar das minhas demais atividades – como por exemplo, manter este novo projeto o mais atualizado possível! Esse foi o primeiro ponto para eu criar CENTRO DE APOIO AOS PROFESSORES COM ALUNOS INCLUSIVOS.

O segundo ponto foi uma pesquisa que realizei em nível nacional e estes foram os tópicos mais apontados pelos professores: Ter dificuldades de encontrar/fazer cursos de aperfeiçoamento e/ou encontrar material de apoio; Lidar e planejar ações pedagógicas inclusivas; Entrosamento em equipe quando o assunto é Educação Inclusiva

Então, baseado nesses dois pontos e em tudo que tenho conversado diretamente ao longo desses anos com educadores e outros atores da EDUCAÇÃO INCLUSIVA, sentindo suas reais necessidades e o que procuram como auxílio, foi que elaborei todo o conteúdo do CAPAI.

Acervo Inclusivo Emílio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Militante das questões referentes às pessoas com deficiência desde a década 1980, nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica como psicólogo e psicanalista, tendo cinco pós-graduações e dois doutorados. Como escritor tem uma variada obra em livros impressos e digitais, passando de setenta títulos lançados, peças teatrais e roteiros audiovisuais.