Novas e Importantes Tendências Para a Reabilitação, Integração Social e Nas Artes Para os Portadores de Deficiência

Relatório original apresentado ao Superintendente do “Hospital de Pesquisa e Reabilitação de Lesões Lábio-Palatais” – HPRLLP-USP, em outubro de 1995.

 

 

Acervo Inclusivo Emílio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Militante das questões referentes às pessoas com deficiência desde a década 1980, nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica como psicólogo e psicanalista, tendo cinco pós-graduações e dois doutorados. Como escritor tem uma variada obra em livros impressos e digitais, passando de setenta títulos lançados, peças teatrais e roteiros audiovisuais.