Documentário “O Corpo (D)eficiente que Dança”

Amigos, quero muito indicar para vocês este lindo documentário que acabo de assistir e me emocionei muito pelos depoimentos, pela qualidade do trabalho e edição!

E me orgulho demais em ter duas participações falando neste trabalho de conclusão de curso de alunos de Graduação em Jornalismo da Universidade Anhembi-Morumbi, Sarah, Larissa e Léo. Vejam abaixo o ficha completa da equipe.

O documentário “O Corpo (D)eficiente que Dança” relata histórias de vida de pessoas que possuem deficiências variadas e encontraram na dança a eficiência do corpo perfeito no corpo diferente, afinal, a beleza está na diferença e é isso que o projeto mostra, a arte como instrumento de superação, excelência e estigma de vida.
Trabalho de Conclusão de Curso – Jornalismo/2018 Realizado por: Fernanda Godoy Geovanna Portante Larissa Seretti Leonardo Martins Sarah Américo Orientação Profa. Eliane Basso Universidade Anhembi Morumbi

Emilio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista, teólogo e personal coach com formação em Programação Neurolinguística. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais, passando de cinquenta títulos lançados. Ator e autor de teatro. Várias entrevistas na mídia e em jornais. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.