Imprensa Oficial oferece mais de 300 livros com download gratuito

 Livraria virtual registra aumento de 22% no número de downloads em 2018

 Além do amplo catálogo de livros à venda, a Livraria virtual da Imprensa Oficial do Estado também oferece mais de 300 títulos para download gratuito. Em 2018, o site registrou 62,3 mil downloads de obras, 22% a mais que no ano anterior.

As três obras mais baixadas do ano passado foram Educação Inclusiva: o que o professor tem a ver com isso? (coedição da Imprensa Oficial com Ashoka Brasil), coordenado por Marta Gil;Rede Manchete: aconteceu, virou história, de autoria de Elmo Francfort; e Odorico Paraguaçu: O Bem-Amado de Dias Gomes, de José Dias. Elas registraram, respectivamente, 15.538, 8.302 e 6.533 downloads.

De acordo com o diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado, Nourival Pantano Júnior, o acervo de livros gratuitos visa incentivar a leitura da população. “Fomentar a cultura e a educação é uma das diretrizes da Imprensa Oficial do Estado. É interessante observar que um material de orientação aos professores sobre a inclusão em sala de aula foi o livro mais baixado de 2018, o que reitera nosso papel social em avaliar e disponibilizar esses conteúdos”, afirma.

Para realizar o download dos livros, acesse: http://livraria.imprensaoficial.com.br/somente-download

 

Sobre a Editora da Imprensa Oficial

 

Desde 1942, publica livros e coleciona prêmios literários e de excelência gráfica. Destacam-se 50 Prêmios Jabuti, o maior reconhecimento literário do País, conquistados em diversas categorias. Entre as obras laureadas, duas ganharam o prêmio de Melhor Livro de Ano: “Resmungos”, de Ferreira Gullar; e “Monteiro Lobato: livro a livro”, em coedição com a editora Unesp, de Marisa Lajolo e João Ceccantini.

Além de livraria própria na capital paulista (Rua Quinze de Novembro, 318 – Centro), os livros da Editora da Imprensa Oficial podem ser encontrados em sua livraria virtual e também em grandes redes de livrarias em todo o País.

Emilio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista, teólogo e personal coach com formação em Programação Neurolinguística. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais, passando de cinquenta títulos lançados. Ator e autor de teatro. Várias entrevistas na mídia e em jornais. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.