Peças Teatrais

CIA OLHOS DE DENTRO: UMA LINDA EXPERIÊNCIA

 

10525855_661974577221533_2153346590844375879_n

Participei recentemente de um curso de teatro no Ruth Escobar, São Paulo, voltado para pessoas com deficiência e estou apaixonado por esta experiência; pensava que o máximo que eu poderia fazer era ser um autor ou divulgador teatral, descobri que eu e tantas outras pessoas com deficiências também somos capazes de atuar.

Tudo aconteceu de uma maneira especial. Ao cruzar num chat de internet com a atriz e pedagoga Nina Mancin, por causa de um programa que participamos na TV Brasil, ela me convidou para conhecer e integrar a CIA OLHOS DE DENTRO. Com dez anos de caminhada, a CIA promove a formação teatral para cidadãos portadores de deficiência física, visual, síndrome de down, mesclando com pessoas sem nenhuma dessas características. Um Curso Livre de Teatro que atende crianças, adolescentes e adultos com objetivo de integrá-los na área de artes cênicas, promovendo e estimulando a convivência no meio teatral e na vida. Além das oficinas, o projeto conta com montagens de espetáculos teatrais com a participação de todos os alunos e apresentações públicas no Teatro Ruth Escobar.

Em 2013 fiz parte do elenco da peça CIDADE CHEIA DE GRAÇA, uma comédia que ficou quatro domingos de abrir em cartaz e foi um sucesso de público e comentários.

 

O REENCONTRO COM A DRAMATURGIA

 

Mas essa história começa no início de 2012, momento em que, numa dessas esquinas da vida, reencontrei-me com a Dramaturgia.

Na verdade, minha primeira lembrança de atuar no teatro foi, quando pequeno e aluno da Associação de Assistência à Criança Deficiente-AACD, montamos uma peça na festa junina dramatizando a música: “Com a filha de João, Antônio queria se casar, mas Pedro fugiu com a noiva na hora de ir para o altar…” Eu fiz o papel justamente do padre e celebrei o casamento! Ainda na AACD, participei das montagens de muitas outras peças escolares como ator.

Escrever para o teatro sempre foi um grande sonho profissional. Como autor mesmo, minha primeira experiência neste sentido me remete à quarta série, quando eu era aluno na E.E.P.G. “Valeriano Fonseca”, em Guaraçaí-SP. De lá pra cá, foi uma linda caminhada que narro na introdução deste meu livro. No inicio do ano, meu coração pedia para entrar de corpo e alma para o mundo do teatro, planejando fazer um dos maiores atrevimentos da minha vida, querendo me matricular como aluno no TEATRO ESCOLA MACUNAÍMA. Uma escola tradicional desde 1974, fundada pela atriz Myriam Muniz, o diretor Silvio Zilber e o cenógrafo e figurinista Flávio Império. O nome desta antologia, foi uma forma que encontrei para recordar essa caminhada até aqui e reunir com carinho o que chamo de “meus primeiros rascunhos de literatura dramática perdidos na gaveta!”

Longe de mim querer ser um ator. Meu foco é procurar novidade e um novo rumo/desafio para minha vida; conhecer melhor o mundo do teatro para depois escrever, pesquisar melhor. Sinto a necessidade de voltar a me expressar como autor. Posso depois usar algumas técnicas para me expressar melhor em minhas palestras; também há a questão da interação social, pois lá estaria me incluindo entre o pessoal do teatro e posso me destacar como autor, pegar encomendas de textos. Não apenas estudar e escrever teatro, mas também pesquisar, fazer experimentações sobre teatro. E o tripé teatro, psicologia e psicanálise pode ser um caminho de muitas possibilidades, tanto de pesquisa como para criações de textos, personagens, espetáculos, enfim!!!

379889_613870851974746_1578663830_n

Porém sempre há um porém! Como disse, a vida nos pega de surpresas. E boas! O convite de Nina Mancin me desviou do Macunaíma. Mas me levou ao encontro de novas possibilidades na minha vida e, muito mais ainda, levou-me ao encontro de muitos amigos de curso/palco, sonhos, trabalhos, ensaios e união no sentido mais puro da palavra. Certamente, daqui há algum tempo, o meu próximo livro de dramaturgia se chamará DEPOIS DE PISAR NA CIA OLHOS DE DENTRO!!!

 

MINHA PRODUÇÃO COMO AUTOR PARA TEATRO E AUDIOVISUAIS

 

Confissões de um bom malandro. 2012. (Cinema)
Cinquenta minutos. 2012. (Teatral) – com Ivan Beteto
Diminua o peso do seu caixão. 2012. (Teatral) – com Ivan Beteto
A fábrica de loucos. 2010. (Teatral)
Conversa de Cantina. 2001. (Teatral).
Encontro não Marcado. 1997. (Teatral).
Uma Psicóloga em Minha Vida. 1997. (Teatral).
Carisma. 1997. (Televisão).
O Desajeitado. 1997. (Teatral)
As Voltas Que o Mundo Dá. 1996. (Televisão).
Bauru: o portador de deficiência, sua educação preparação para a cidadania. 1996. (filme institucional).
A Difícil Confissão. 1992. (Televisão).
Grito de Alerta. 1991. (Teatral).
Palco de uma Ilusão0. 1988. (Cinema).
Descobrindo a Realidade do Mundo. 1987. (Teatral)
Guaraçai: História de um Passado. 1986. (Teatral).