Para que serve a psicologia canina? – Por Emílio Figueira

Por vezes, por falta de conhecimento sobre o assunto, os donos de cachorros acreditam que algumas atitudes dos seus pets são totalmente alheias e sem real significado, mas já foi comprovado que suas atitudes não são alheias e tem, sim, um sentido, e por esse motivo para que serve a psicologia canina.

Por trás de uma mordida na pata ou latidos excessivos o seu cão está tentando te passar uma mensagem, muitas vezes te alertar de que algo está errado com ele ou até mesmo que ele sente sua falta, não gosta que você saia e deixe ele sozinho, etc.

E foi para entender esses sinais que se criou a Etologia, que é a psicologia canina. Mas, para que serve a psicologia canina exatamente?

O ponto central da Etologia é estudar o comportamento dos cães, mas também tudo que está ao redor dos pets, como outros animais, outros cães e os próprios humanos.

A Etologia também se aprofunda no instinto do animal, cruzamento e a agressividade que o pet pode apresentar. A psicologia canina serve para entender mais profundamente os comportamentos nos nossos pets e nos ajudar a entender de uma forma melhor as necessidades desses bichinhos e a melhor formá-la de tratá-los.

Respeitando também a natureza do cão, assim como identificar quais comportamentos são naturais e quais comportamentos foram aprendidos por meio da convivência com os humanos, os donos. Essa é uma das partes para que serve a psicologia canina.

A psicologia canina também é uma ferramenta que podemos usar para educar e treinar os nossos animais de estimação, evitando assim alguns problemas de comportamento que se apresentam em alguns cachorros, com a agressividade, por exemplo.

Foi por meio da Etologia que se descobriu que os cães são animais super inteligentes. Sabia que eles entendem a mesma quantidade de palavras que uma criança de de dois anos?

Com a Psicologia canina também foi possível descobrir que os cães não gostam de ficar sozinhos, isso porque são animais super sociáveis. Deixá-los por mais de 8 horas não é recomendável.

Quer evitar que o seu cachorro destrua sua casa? Coloque-o para fazer exercícios diariamente, isso vai evitar que eles sofram ansiedade, a responsável por fazer com que eles destruam suas coisas.

A psicologia canina também nos ensinou a respeitar os comportamentos inatos dos cães, como cheirar o traseiro, marcar com as unhas o chãos depois de fazer suas necessidades, fuçar o lixo e dar várias voltas na cama antes de se deitar. Podemos até achar estranho, mas esses são comportamentos naturais desses bichinhos.

Foi por meio da Etologia que pode-se estudar a influência do comportamento humano no cachorro. O cachorro pode ser visto como uma criança, se ele tem bons exemplos, uma boa educação, ele será um cachorro tranquilo.

Mas se você não ensiná-lo isso desde cedo é bem provável que você sofra com maus comportamentos no futuro, como destruir suas roupas ou a agressividade, como foi citado anteriormente.

Para que serve a psicologia canina? Para várias coisas, mas principalmente para aprendermos mais sobre esses amigos peludos de quatro patas e o que eles podem estar tentando comunicar por meio das suas atitudes.

SAIBA MAIS

Sobre este assunto acabo de lançar o livro MEU PET NO DIVÃ – CURIOSIDADES PSICOLÓGICAS SOBRE CÃES E GATOS. Convido você conhecer um pouco mais sobre ele clicando aqui

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista, teólogo e personal coach com formação em Programação Neurolinguística. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais, passando de cinquenta títulos lançados. Ator e autor de teatro. Várias entrevistas na mídia e em jornais. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.