Retorno à Idade Média: evento temático convida paulistanos a imersão no universo da cutelaria artesanal

Workshop, que acontece na semana que antecede a VI Mostra Internacional de Cutelaria, proporciona troca de experiências entre visitantes e cuteleiros profissionais.

No dia 02 de maio, em parceria com a Taverna Medieval, acontecerá um bate-papo descontraído com os cuteleiros Roger Glasser e Sandro Boeck, integrantes da VI Mostra Internacional de Cutelaria, que irão discutir sobre o ofício e adentrar no universo intrigante da forja artesanal.

As facas auxiliaram a humanidade a evoluir, seja na caça ou no preparo de alimentos, sendo muito utilizada principalmente na Idade Média. Pensando nessa questão, a Taverna Medieval (restaurante localizado na zona sul) foi escolhida como o pano de fundo para esse encontro, pois apresenta um ambiente baseado nessa época da história, contando com várias atrações como, por exemplo, jogo de arco e flecha e consulta com runas antigas.

Neste dia, os participantes poderão levar suas facas para aprender a afiá-las e tirar dúvidas sobre todos os tipos de instrumentos de corte que eram utilizados no período medieval.

As inscrições para o workshop deverão ser realizadas na página da VI Mostra Internacional de Cutelaria no Facebook.

Serviço

Workshop Taverna Medieval

Data: 02 de maio de 2018

Horário: Quarta-feira às 19h

Entrada: Gratuita

Local: R. Gandavo, 456 – Vila Clementino, São Paulo

_____________________________________________________________________

Sobre Roger Glasser

Desde 2007 no mercado de cutelaria, filiado a American Bladesmith Society, mestre pela Corporazione Italiana Coltellinai, diretor da Escola Brasileira de Cutelaria, consultor de cutelaria e organizador da Mostra Internacional de Cutelaria.

Emilio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Militante das questões referentes às pessoas com deficiência desde a década 1980, nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica como psicólogo e psicanalista, tendo cinco pós-graduações e dois doutorados. Como escritor tem uma variada obra em livros impressos e digitais, passando de setenta títulos lançados, peças teatrais e roteiros audiovisuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.